Flores

Flores

Band :
Title : Flores
Release Date : julho 7, 2017
Label :
Catalog ref. : 6
Format : CD
  1. Flores Nevilton 3:23
  2. Flores (acustico) Nevilton 2:04

Escute no Spotify

Escute no Deezer

Baixe no Itunes

 

Na sequência de lançamentos, Nevilton apresenta “Flores”, o segundo single do seu próximo album “Adiante”.
Com sonoridade diferente do seu costumeiro, Flores traz novas experiências de arranjo, captação e instrumentação, indicando a intenção de expandir as possibilidades musicais e descolar do “Power Trio”, formato explorado em seus dois discos anteriores.
Em Flores os protagonistas são o baixo e bateria, redondos e dançantes à la Hall & Oates; já as linhas de violões, percussões, vocal e guitarras lembram que ele não tirou o pé do alternativo “torto” e criativo, influências de bandas como Pixies, Spoon e etc. Este single abre o leque com novas possibilidades para a sua música, mantendo uma ótima característica de seu trabalho: a constante união de influências das mais distintas em uma boa canção.
Acompanha o single uma outra versão, sem a bateria, que dá enfase aos vocais e percussão divertidos, cercados por guitarras “mezzo etéreas mezzo western”, como nas canções de Lynch e Badalamenti na trilha de Twin Peaks, só que animadas, pra cantar com os amigos em volta de uma fogueira.

 

Ficha tecnica:
Nevilton – vocais, guitarra, violões, percussão
Tiago Lobão – contrabaixo
André Dea – bateria

Gravadas e mixadas por Nevilton nos Estúdios Flamingo e Sombrero, São Paulo, SP.
Masterizado por André Castro no Estúdio Voodoo Mastering, Lisboa, Portugal.

Mais informações, agenda, clipes, discos e etc em www.nevilton.com.br

Amarela | Amanecerá

Amarela | Amanecerá

Band :
Title : Amarela / Amanecerá
Release Date : maio 5, 2017
Label :
Catalog ref. : 5
Format : CD
  1. Amarela Nevilton 3:27
  2. Amanecera (feat. Cesar Saez) Nevilton 3:24
  3. Amarela (acustico) Nevilton 3:22

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amarela no G1 – por Mauro Ferreira
Amarela na Billboard Brasil
Amarela no Bem Paraná
Amarela no Miojo Indie
Amarela no Monkeybuzz
Amarela no MusicaPaVê
Amarela no Audiograma

 

Amarela / Amanecerá

Amarela / Amanecerá é o primeiro single do “Adiante”, novo álbum do Nevilton, que será lançado em breve. É o primeiro passo da nova fase de uma jornada premiada do compositor paranaense.

A faixa, já conhecida por quem frequentou os shows do artista nos últimos meses, é uma das 13 produzidas durante os últimos 2 anos de trabalho minucioso e artesanal, e conta com a participação do parceiro de longa data Tiago Lobão no contrabaixo, e do mais novo companheiro de aventuras: André Dea (Sugarkane, ex-Vespas Mandarinas), na bateria.

A melodia de notas longas do vocal sugere uma contemplação distante e nostálgica, mas que não passa incólume pela ansiedade que mais um amanhecer e o despertar da cidade trazem ao artista que, surpreendido pelo amarelar do céu, usa as cores e sentimentos como combustível na busca da felicidade que poderá habitar “o refrão ainda inacabado”.

Nos últimos anos, Nevilton tem se envolvido, cada vez mais, com a música Latina extra-Brasil, participando de coletâneas com artistas hispanófonos e lusófonos, que celebram, incentivam e fortalecem a união de toda comunidade latina no continente americano e fora dele. Isso tudo, somado às duas indicações ao Grammy Latino, inspirou ainda mais o artista a lançar, junto com Amarela, a sua versão em Espanhol: “Amanecerá”, na qual ele divide os vocais com Cesar Saez, que também toca o xilofone.

Cesar Saez é cantor e compositor nascido no México, que vive em Los Angeles (USA), onde é um músico bastante ativo, tendo participado de bandas como The Bixby Knolls e Wallburds. Atualmente trabalha em seu projeto solo, em seu nome, no qual mescla antigos boleros, música francesa e rock dos 60’s, trazendo-os para a modernidade. Conheça seu trabalho em https://soundcloud.com/cesarsaez

Já a capa, que remete aos velhos discos de jazz dos anos 50’s, também tem suas conexões latinas, trazendo a obra “Cartas para Lola“, do artista Bernardo Mora, Bemgy, Colombiano hoje residente em Maringá, PR. Conheça outras de suas obras em https://www.instagram.com/bemgy.art/

Em Amarela/Amanecerá vemos os primeiros sinais de um trabalho mais maduro e expansivo de um artista que saiu do interior do Paraná e, agora, depois de rodar pelo Brasil inteiro, estende os braços, sem medo de abraçar o mundo e seguir adiante.

 

Link com links para diferentes plataformas:
https://onerpm.lnk.to/AmarelaAmanhecera

Link para o Lyric Video no youtube:
https://youtu.be/j3elZqoKIwg

Noite Alta

Noite Alta

Band :
Title : Noite Alta EP
Release Date : maio 20, 2016
Label :
Catalog ref. : 4
Format : CD
  1. Noite Alta (1972) Nevilton 3:15
  2. Noite Alta (semiacustica) Nevilton 3:22
  3. Noite Alta Nevilton 4:11
  4. Noite Alta (ao vivo Sesc Sao Jose dos Campos) Nevilton 4:35
  5. Noite Alta (Fabz Zonatti Remix) Nevilton 3:30
  6. Noite Alta (NEV Remix) Nevilton 4:33

Noite Alta EP [2016, Nevilton]

“Na hora de acordar, difícil é ficar de pé. O mundo inteiro cheira café e a gente vai trabalhar”. Todos os que ouvem se identificam com o refrão da música Noite Alta, do Nevilton, segunda faixa do disco Sacode. Se você ainda não o conhecia, prepare-se para, à partir de agora, nunca mais esquecê-lo!

Há pouco mais de um ano, em abril de 2015, foi publicado um videoclipe super especial pra essa música, idealizado por Leo Longo e Diana Boccara, o casal maravilha do projeto Around The World in 80 Music Vídeos, pelo qual estão rodando o mundo gravando clipes, e mais, unindo e divulgando artistas, países e culturas sob as asas dessa bela ideia.

Aproveitando o aniversário do clipe, Nevilton preparou um EP com 5 versões diferentes de Noite Alta, além da versão original. Novas abordagens e experiências pra uma canção que é sempre recebida com muito carinho pelo público. Carinho que, certamente, será quintuplicado.

A versão 1972 é inspirada na sonoridade da Motown e da Stax, gravadoras norte-americanas que definiram o som dos anos 70, com seus belos discos cheios de groove e alma. A versão Semi-acústica foi como despir a canção, aproximando-a do espírito das rodas de violão, dos bares e pubs, pra todo mundo cantar e bater o pé no chão. A versão original vem pra matar a saudade e a versão ao vivo pra trazer toda a energia dos shows, que até então só quem viu podia se gabar. Inclusive, esse é o primeiro registro oficial em áudio ao vivo, lançado pela banda. Fecham o EP dois remix, o “NEV Remix” produzido para um projeto do site Musica Pavê e o “Fabz Zonatti Remix” produzida pelo DJ da cena indie-rock e eletrônica paulistana.

Cheio de surpresas e carinho, Nevilton lança mais esse trabalho, preparando os fãs para o um próximo álbum que está em fase de gravação. E como diz o próprio Nevilton: “É um EP de versões. De versões e diversões!”. Divirtam-se.

De Verdade

De Verdade

Title : De Verdade
Release Date : outubro 20, 2011
Label : ,
Catalog ref. : 2
Format : CD

Escute no Spotify
Escute no Deezer
Escute no Youtube
Baixe no iTunes
Baixe no Google Play
Baixe no BandCamp

De Verdade – Faça o download aqui:

Há algo de especial no espírito das cidades do interior do Brasil. As tardes e noites tranquilas, sem nada para fazer, que levam os jovens a saírem de casa e gastarem o tempo sentados nas esquinas, jogando conversa fora ou tocando violão são um bom exemplo. Sem maldade aparente, passar noites de frio se aquecendo ao relento à base de um conhaque qualquer ou fazendo um churrasco com os amigos é uma arte que exercita a sociabilidade e simplicidade. As pessoas parecem inocentes, mas não menos felizes.

Umuarama, no noroeste do Paraná, é uma dessas cidades. Com cerca de 100 mil habitantes, ela também é o berço da banda Nevilton, power trio de rock simples e direto que lança seu disco de estreia, “De Verdade”, pelo selo Sombrero / Fora do Eixo Discos e pelo Álbum Virtual da Trama. Formada por Nevilton Alencar (voz e guitarra), Tiago Lobão (baixo) e Éder Chapolla (baterista), a banda é fruto direto de sua cidade natal, traduzindo, de certa forma, este espírito lúdico em canções.

Na estrada desde 2007, o Nevilton já fez mais de 250 shows, cobrindo todas as regiões do Brasil. Fosse em mega palcos como a abertura para o Green Day em São Paulo ou em pequenos botecos de Porto Velho, em Rondônia, a energia e a entrega eram as mesmas. Não à toa, a banda ganhou a fama de ter um dos melhores shows do Brasil. Pelo caminho, além das milhagens, deixaram uma coletânea de canções distribuídas em um CD-R e um EP, “Pressuposto”, lançado no ano passado. Faltava um registro oficial completo para encerrar o ciclo.

Gravado em 2009 no estúdio da YB, ainda com o baterista Fernando Livoni, “De Verdade”, o disco, soa como um greatest hits para quem acompanha o cenário independente brasileiro nos últimos anos. “Pressuposto”, “A Máscara”, “Bolo Espacial”, “Me Espere Menino Lobo”, “Vitorioso Adormecido” e algumas outras são velhas conhecidas do público. Entre as novidades, destaque para o riff nervoso e tenso de “Por Um Triz” e “Fortuna”, que desaba em um samba meio torto e relaxado.

Honrando a tradição de bons power trios da história do rock, o Nevilton produz um som coeso e explosivo, característica que fica nítida ao vivo. Apoiando-se em uma cozinha segura e que não deixa espaços sonoros a serem preenchidos, a banda faz uma cama perfeita para a guitarra de Nevilton, um dos melhores instrumentistas do Brasil. Seu jeito de tocar único alterna riffs, bases e solos de forma tão natural quanto apertar um botão de liga e desliga.

Há, no entanto, na fórmula sonora do trio algo um pouco diferente. Nevilton é rock sem ser carrancudo, com assinatura tupiniquim da melhor estirpe. Não porque emule regionalismo em todas as músicas, mas porque se utiliza dos elementos da música brasileira para emoldurar canções pop assobiáveis. Sem vergonha de citar Tião Carreiro e Pardinho, forrozeiros, Placebo e Sidney Magal nos shows, eles incorporam as mais difusas inspirações em músicas de três ou quatro acordes. Coisa de quem cresceu ouvindo muita rádio no interior – e, mais tarde, montou sua primeira banda para tocar cover das músicas que sua turma gostava.

O resultado são rocks que, por mais que entortem sua harmonia com acordes dissonantes e quebradas de ritmo, mantém uma veia pop indiscutível. É música de apelo radiofônico sem ser vulgar, pop-rock inteligente de fácil assimilação sem ser rasteiro. Unido ao carisma da banda, não é de se espantar que, independente do tamanho da plateia, após alguns minutos de show qualquer público esteja domado e repetindo as letras.

Quase quatro anos se passaram desde a formação da banda e o maior cartão de visitas do Nevilton, porém, continua sendo “Paz e Amores”. “Viver em paz, com quem quer que seja, ouvindo música e bebendo cerveja, essa é a vida que eu pedi para Deus, só isso e nada mais”, diz o refrão. Apesar de mirar alto com sua proposta sonora, Nevilton sabe que a felicidade está nas pequenas coisas. Como um verdadeiro operário da música, ele tem trabalhado nos últimos anos em busca do sucesso, em um esquema de guerrilha. Chegou a hora de colher os resultados. Ouça o disco, vá ao show. Você não se arrependerá.

credits

released October 20, 2011

Nevilton de Alencar: Guitarra e Vozes
Tiago ‘Lobão’ Inforzato: Baixo
Fernando Livoni: Bateria

Gravado em Março de 2009, no YB Studios, em São Paulo, SP.
Engenheiro de Gravação: Bob Mac (a.k.a Beto Machado).
Assistentes de Gravação: Bruno Furtado, Bruna de Marco e Diego Techera.

Mixado na “Máfia do Dendê” (Praia Bonita) por Tomás Magno.

Masterizado no YB Studios por Benoni Hubmaier.

Todas as músicas são de autoria de Nevilton de Alencar.
Exceto Delicadeza, por Nevilton de Alencar e Tiago ‘Lobão’ Inforzato.

Todas as faixas editadas por YB Music.

Capa: “Mundo Coração” por Nevilton de Alencar.
Diagramação: Tiago ‘Lobão’ Inforzato.