Back to the top

É isso ai, o podcast Qualquer Coisa #40 foi uma espécie de retrospectiva de 2008, e no final rolou uma singela homenagem ao Nevilton que está sempre acompanhando o programa! 😀

Para baixar e ouvir o pQC #40 em mp3, clique aqui.

e para os que ainda não conhecem o podcast Qualquer Coisa, segue a breve apresentação que postamos no Culturanja em janeiro:

“Qualquer Coisa, um podcast sobre nada!” 

É com este bem humorado slogan que José Flávio Júnior, Paulo Terron e Max de Castro apresentam seu podcast. Conversas amigáveis, histórias interessantes, convidados especiais e muito boa música são o que diferenciam o “Qualquer Coisa” de uma “coisa qualquer”! 

foto de quando o programa teve a participação especial de Nina Becker, Kassin, Pedro Sá e Chernobyl.

– José Flávio Júnior escreve para a Revista Bravo e Folha de S. Paulo.
– Paulo Terron tem um blog supimpa chamado With Lasers (http://pauloterron.ig.com.br/)
– Max de Castro é um músico muito talentoso e você não vai se arrepender de conhecer um pouco sua obra! (http://www.myspace.com/maxdecastro)

E ai!? Te anima experimentar um pouco de “Qualquer Coisa”!? 
http://www.gcast.com/u/qualquercoisa

30


Disco de estréia a caminho
por Claudio Szynkier, Tramavirtual.

Falamos com a promessa paranaense Nevilton, que deixou algumas faixas legais por aqui que devem fazer parte de um álbum a seguir 

26/01/2009
Com uma sensibilidade típica de cancionista brasileiro de chinelas, tipo Fagner, Luiz Carlos Sá e Belchior, o paranaense Nevilton Alencar pratica um indie rock não menos romântico (por se referir aos princípios noventistas do estilo) no interior do Paraná. No ano passado, ou retrasado, meio que “descobrimos” esse garoto do interior, que passou a ser alvo da atenção de um monte de gente que acompanha nova música. Isso começou a ocorrer simultaneamente à formação de um público próprio para ele, via circuito de shows, lá mesmo no Paraná. Recentemente, Nevilton deixou algumas faixas novas de sua banda (na verdade um trio) aqui (escute “Singela”). Muito boas. Todas as que estão no perfil, inclusive as recentes, sugerem uma espécie de laboratório para um disco que deve sair ainda em 2009. Sobre o disco, influências e planos, portanto, Nevilton falou nessa rápida entrevista que agitamos. Confira.

O que te inspira musicalmente?
Gosto muito de música, de vários estilos mesmo. Adoro ouvir Chico Buarque, Beatles, Tom Jobim, Pavement, Jorge Ben, Pixies, Luiz Melodia, Cake, Noel Rosa, Gorky’s Zygotic Mynci, Max de Castro, Flamming Lips, Belchior, David Bowie, Sá, Rodrix e Guarabyra e muita gente nova. Musicas bem inspiradas e/ou sonoridades sinceras me inspiram bastante, sempre.

E como é tocar aí, no interior do Paraná?
É muito bom. E hoje já temos um público e bastante especial por aqui, uma turma cada vez maior que nos acompanha e apóia sempre, fazendo os shows serem melhores. 

E quais os planos reais pra 2009?
O primeiro deles é gravar um primeiro disco “de verdade”. Umas 13, 14 boas músicas, com alguma uniformidade de timbres e fazer soar a unidade, o entrosamento que temos no trio hoje… Depois disso, ver bons parceiros para o trabalho de publicação, prensagem, distribuição, divulgação do disco e etc. Para tentarmos fazer um lançamento bacana até o meio do ano. Então, com um disquinho “de verdade” em mãos, levar e enviar para a turma dos veículos todos: blogs, sites, revistas, jornais, podcasts, estações e programas de tv e radio, festivais, zines. Depois continuaremos com toda aquela correria de divulgação, muitos shows. Se no ano passado fizemos uns 45 shows em umas 15 cidades diferentes, a intenção esse ano é viabilizar para espalharmos mais isso ai, aumentar numero de shows e cidades diferentes…

E esse disco aí, conte mais sobre como você quer que seja?
Regravaremos várias músicas que já estiveram nas demos, mais umas 3 ou 4 novas. Além de alguma uniformidade de timbres, tentaremos algo para valorizar a sonoridade de power trio. É provavel que gravaremos simultaneamente os instrumentos, para tentar captar além do entrosamento, a energia parecida com a de quando estamos fazendo um show.

55

O trio paranaense se apresentando no Gig Rock VI, em Porto Alegre, RS. Edição do festival em que se apresentaram as bandas: Vellocets, Fenx, Rinoceronte, Dellamarck (SC), Volantes, Grosseria, Bandinhadidadó, Los Vatos, Polexia (PR), Do Amor (RJ), Subtropicais, Canastra (RJ), Fantasmagoria (ARG), Wander Wildner, Arthur de Faria, Nobs, Canja Rave, Atrack, Camboja Motel, Viana Moog, Alcaloides, Mallu Magalhães (SP), Nevilton (PR), Pública, Revoltz (MT/RS), Walverdes, Identidade e Superguidis.

25

alegria! alegria!

   Nesta quarta-feira (14) aconteceu em Maringá, no badalado point A Base Bar, a premiação dos Melhores de 2008 da Sonic Flower Club. A produtora e evento mais importantes para o rock independente no noroeste paranaense, selecionou trabalhos em várias categorias, para o público, fiel às festas, eleger os melhores, votando por e-mail ou pela página no Orkut. Esta foi a terceira edição do prêmio e foram computados mais de 540 votos. As categorias foram “Melhor Show realizado pela SFC”, “Melhor Apresentação no Programa Garagem”, “Melhor Programa de Rádio”, “Melhor Clipe”, “Melhor show realizado por outra produtora”, “Melhor Banda de Maringá e região”, “Melhor banda de Londrina e região”, “Revelação 2008” e “Melhor CD Lançado em 2008”. Entre os doze indicados à categoria “Melhor Banda de Maringá e região” estavam os umuaramenses da banda “Nevilton”, que tocam com freqüência e tem bom público em Maringá. Foram apresentados no início do evento como “uma das promessas para o rock brasileiro em 2009” e tocaram “A Máscara”, canção que muitos por ali já tinham na ponta da língua. Mais tarde rolou a surpresa, na entrega do prêmio a categoria em que estavam concorrendo, o convidado Andye Iore, d’O Diario do Norte do Paraná, apresentou dizendo: “Vamos ver se a melhor banda de Maringá será de punks da periferia ou de rock moderninho da meninada do centro… A melhor banda de Maringá e região é de… Umuarama! O prêmio vai para Nevilton!”

“e quem não esperava, se surpreendeu…”

   Este é mais um motivo para comemorar com os talentos de nossa cidade, trabalhar, torcer e incentivar para que 2009 seja um ano ainda mais próspero e produtivo também para a cultura e arte em Umuarama e região! (para conhecer mais sobre o trabalho da banda: www.nevilton.com.br) Como se não bastasse… o trio Nevilton também foi um dos quinze indicados na enquete para eleger a “Melhor Banda do Paraná” no blog Sobretudo, da Gazeta do Povo!
25

O Diário do Norte do Paraná. Maringá, Quinta-feira, 15 de janeiro de 2009.

por Andy Iore

    Os premiados na eleição dos melhores de 2008 no rock em Maringá feita pela Sonic Flower Club foram escolhidos por votação pelo público por email e pela página da SFC no Orkut. Esta foi a terceira edição do evento e foram computados mais de 540 votos.
    O anúncio foi em uma festa ontem à noite no A Base Bar, com apresentações de algumas das bandas locais que concorriam. Também foi feito um sorteio da pessoa que receberia passe-livre em todos os eventos da SFC em 2009.
    Entre as diferenças das edições anteriores, uma delas é que este ano não teve votação para “fake” (perfil anônimo ou falso do Orkut que sempre dá opiniões polêmicas, ofensivas ou engraçadas sobre as bandas e shows). O organizador Flávio Silva anuncia como novidade que a festa de 2009 deverá ter um show com uma banda de nome que não esteja concorrendo no evento. Silva garante que a festa de premiação continuará sendo gratuita.
    A expectativa do organizador do evento é que essas iniciativas aumentem o público na cidade já que há muitas opções de locais para eventos, mas o público ainda é pequeno e dividido. “Sobre bares está bom, tem quatro locais que sempre tem show e acho que é até demais”, avalia. “Falta as bandas de Maringá investirem e trabalharem mais, elas não são conhecidas fora da cidade”.
    Entre as bandas nacionais, se em 2007 os destaques foram as bandas da região sul como Charme Chulo (PR) e Cachorro Grande (RS), em 2008 duas bandas cariocas foram as preferidas do público: Canastra e Matanza.
    As votações mais expressivas entre as bandas nesta edição do Prêmio SFC foram conquistadas pelos grupos Canastra (na categoria Melhor Show realizado pela SFC) com 25,1% e pela Hospital Doors (na categoria Banda Revelação de Maringá) com 55,7%. A primeira é carioca e tocou duas vezes em Maringá em 2008, em abril e outubro. A segunda mobilizou todos os amigos para votar e confirmou a citação publicada pelo O Diário em dezembro passado como uma das principais revelações do rock maringaense no ano.
    Na categoria Melhor Show de Outra Produtora, a também carioca Matanza foi a vencedora, caracterizada por shows sempre lotados, não importa quantas vezes toque em Maringá. A Melhor Banda de Maringá e Região foi a Nevilton (de Umuarama), outra que também toca com frequência e tem bom público maringaense. Mas a escolha foi apertada, já que a Família Palim ficou encostada, com a diferença em menos de 1%.


Melhor show Realizado pela Sonic Flower Club
1° Canastra – 25,1%
2° Móveis Coloniais de Acaju -19,3%
3° Wander Wildner – 14,5%


Melhor show realizado por outra produtora / bar

1° Matanza -15,9%
2° Forgotten Boys – 12,4%
3° Cachorro Grande – 11,9%

Melhor banda Maringá e região
1° Nevilton – 20,4%
2° A VI Geração da Família Palim do Norte da Turquia – 19,5%
3° Stoned Beavers – 12,2%

Revelação 2008
1° Hospital Doors – 55,7%

Melhor banda Londrina e Região

1° Fabulous Bandits – 17%
2° Droogies -16%
3° Brazilian Cajuns Southern Rebels – 15,5%

Melhor CD lançado em 2008
1° Forgotten Boys – Louva-a-deus – 16%
2° Rock Rocket – Rocket Rocket – 15%
3° Wander Wildner – La Cancion Inesperada – 10,8%

Melhor Clipe
1° Charme Chulo – Mazzaropi Incriminado -21,6%
2° Vanguart – Semáforo -20,5%
3° Autoramas – A 300 Km/h -18,2%

Melhor Programa de rádio / podcast
1° Programa Garagem – 49,1%

Melhor Blog
1° Programa Garagem – 46,2%

Melhor Bar
1° Tribo´s Bar – 59,1%
2° A Base – 34,5%

Melhor Apresentação no Programa Garagem
1° Canastra – 36,4%
2° Hospital Doors – 20,7%
3° A VI Geração da Família Palim do Norte da Turquia – 19,8%

Banda que tem que tocar em Maringá em 2009?
1° Júpiter Maçã – 6,0%
2° Vanguart – 5.0%
3° Nervoso e os Calmantes – 4,2%

24

Mixtape TramaVirtual, estréia 
por TramaVirtual

Ouça na seqüência, baixe… 

09/01/2009
Com o intuito de proporcionar a quem entra aqui uma experiência direta e objetiva com as músicas que curtimos, tivemos a idéia de institucionalizar a Mixtape TramaVirtual. Foi feita antes apenas com material oriundo do nosso saudoso 12 Horas, agora a versão agrega a safra boa do site de um mês para cá. Tem o trovadelismo freak de Stan Molina e Quarx Quarx!, o indie pop de chinelos e afeto fagneriano de Nevilton, a esperteza garagista de Dimitri Pellz, Garotas Suecas (mais tropical do que nunca) e Doutor Fujimore, o rock-radio de Sabonetes e por aí vai. Ouça na seqüência e baixe o que der.

Nevilton – Singela
Pélico – Naquela casa 
Doutor Fujimore – Chamai-me Walton 
Stan Molina & Quarx! Quarx! – Braços aos Montes 
Fanny Glass – Ficcion 
Sabonetes – Marca-Página 
Garotas Suecas – Ghostwriter
Dimitri Pellz – Carisma 
Cassim & Barbária – Dark Side Yoga E
ddie – Me Diga O Que Não Foi Legal

fonte: http://tramavirtual.uol.com.br/noticia.jsp?noticia=7798

19

É isso ai, amiguinhos e amiguinhas!
O ano que passou foi excelente pra nós. Muitos shows, viagens, novas amizades, muita música boa e conversa durante as várias horas de estrada. Além de intensas apresentações, que deixam a banda cada dia mais orgânica e verdadeira, e do publico que dança e se diverte cada vez mais com a gente! Certamente, as experiências de 2008 vão deixar saudades!

O que me consola é saber… que 2009 promete! Vamos lançar nosso primeiro disco, vamos viajar o dobro que viajamos em 2008 e conheceremos mais um tantão de amigos por esse Brasil gigante! Para abrir o ano bem, publicamos uma música nova! Eu a fiz quando tinha uns 16 anos, fez parte da minha primeira demo que vendia nas apresentações de violão e voz que estava começando a fazer. Na época, chamava-se “Canção ao Amigo” e foi gravada em um teclado, violão e voz. Entre o período do Natal e Ano Novo eu a regravei, com mais elementos e nitidez, tentando manter ainda as intenções e arranjos simples, e por fim ela ficou “Singela”.

É com a “Singela” canção ao amigo e desejos de paz, amor, saúde, alegria, e muito boa música que começamos 2009! E pau na máquina que já é segunda feira!!!

Singela (Nevilton de Alencar)

“Meu amigo em que tanto me apoiei
hoje eu lhe agradeço
e veja que eu reconheço
tudo o que pode fazer.

E agora lhe dedico esta canção
singela recordação
feita com um pouco de imaginação
brincando com a entonação.

Esse foi o melhor jeito
que eu achei pra lhe agradecer
tomara que tão cedo não me esqueça
assim como também não vou lhe esquecer!”

10
© WolfThemes